Sala de Espera

  • Atomic Garden
    Idade: 19
    Lugar: Chapecó, SC.
    Condição: Frescura.
  • Lipedal
    Idade: 19
    Lugar: Santo Ângelo, RS, no meio da roça missioneira.
    Condição: Demofobia e Nerdice Aguda. Foi ao Mundo Real duas vezes, durante as quais ganhou uns graus de miopia devido à exposição ao sol.
  • Vexille
    Idade: 20
    Lugar: Recife, PE. É o único do consultório que mora numa cidade de verdade.
    Condição: Psicose e Esquizofrenia. Obsessão compulsiva por filmes clássicos de terror brutal e trash em geral.

Links

Últimos Posts

Arquivo

Todos juntos vamos, pra frente Brasil!

Por Vexille || 04:20:00 || 13 de jun de 2006
Já que o Atomic resolveu tirar férias e o Lipedal continua preso no mundo mágico da faculdade e dos cálculos de matemática, a responsabilidade de postar caiu nas minhas mãos. Então eu resolvi seguir as tendências, modinhas e propagandas da rede Globo e falar sobre a quarta coisa mais importante do Brasil —seguida de perto pelo bunda, o mulata, e o samba—, a copa do mundo.

A cada quatro anos, o país lembra que tem uma bandeira, e passa a usá-la freneticamente, em qualquer coisa que possa ser pintada de verde e amarelo ("Azul e branco... Hã?"). Os camelôs ficam mais alegres e faceiros, enfeitando as ruas com as bandeiras de 5 reais e camisas OTOGRAFADAS da seleção por 10, enquanto as lojinhas no shopping vendem ainda mais das mesmas coisas por 100 reais a mais.

Claro, eu não entendo como é que essas lojas têm a cara de pau de cobrar tanto num pedaço de pano costurado que provavelmente custou menos de 5 reais pra ser feita —ou pior, como é que tem gente que compra esses pedaços de pano sem nem xingar uma mãe ou duas— mas isso não é importante. Vender camisa de time sempre foi a melhor maneira de tirar grana de otário.

Eu não assisto futebol, me aparecem sete cabelos brancos na cabeça sempre que começam a falar de que time está na primera ou segunda divisão, e tenho ódio do Galvão Bueno. Mas ainda assim, tenho visto os jogos da copa desde que me lembro. Só que este ano, eu tenho uma meta a cumprir: estar dentro de uma sala de cinema (e provavelmente ser o único lá) durante TODOS os jogos da copa, mesmo que não tenha nenhum filme que preste em cartaz. Cruzem os dedos para que o cinema nao esteja fechado durante os jogos.

Mas enfim. Eu posso entender por que a copa é motivo de tanto orgulho tupiniquim. Depois de "Deus é brasileiro", é sempre bom ser conhecido no exterior como "aqueles caras que sabem jogar futebol". Além do mais, a copa é uma desculpa infalível para não ir pro trabalho, curso ou colégio e encher a cara de pinga até o cu fazer bico.

O que não dá pra COMPREENDER é essa maldita obssessão pelo Ronaldinho Gaúcho. Eu DESAFIO qualquer um a me dar uma explicação válida pro fato de que eu não posso andar da entrada do shopping até o cinema sem me deparar com pelo menos 5 posters de papelão com uma fotinha do CRAQUE segurando o produto merchandisingado.



Ronaldinho na Turma da Mônica, ensinando as criancinhas a gazear aula pra bater pelada

Sim, eu sei que o cara joga bem. Estou ciente de que ele é considerado o melhor do mundo pela Fifa, UEFA, outras instituições esportivas com siglas idiotas no lugar dos nomes e bichinhas puxa-saco. Também sei que ele é mais ágil com a bola do que eu sou com uma escova de dentes. Mas, porra, isso é motivo meter a cara GROTESCA do infeliz em todo produto que pode bancá-lo? Fazê-lo segurar um Babalu com uma mão e fazer sinal de "joinha" com a outra vai fazer o produto vender mais? Brasileiro é tão ESTÚPIDO assim? "Veja, mamãe, o Ronaldinho tá segurando um creme anti-fungos! Compra pra mim!"

Não é possível que a simples imagem do jogador, por mais tenebrosa que seja, em uma propaganda possa gerar tanto capital. Será que essas empresas estão perdendo dinheiro só pra dizer que estão em clima de copa e colocar o cara nas propagandas? Porque o garoto certamente não deve cobrar barato. Só a esmolinha que ele ganha pra bater uma pelada não é o suficiente.

O brasileiro Ronaldinho Gaúcho é o jogador mais valioso do mercado do futebol, com um passe no valor de 47 milhões de euros, e o que mais ganha anualmente - 23 milhões.

Segundo um estudo do jornal 'Welt am Sonntag', que cita uma série de dados procedentes da agência e empresa de consultoria BBDO, o brasileiro está à frente do inglês David Beckham, que vale 44,9 milhões de euros no mercado.

Fonte

É neguim. Você aí que está se torturando de estudar pra passar numa faculdade de direito, pra em seguida se matar de estudar mais ainda pra daqui a uns 20 anos estar ganhando um salário acima da média, aprenda com o Ronaldinho, que exala dinheiro sem diploma de doutor nem posar pra playboy.



A frase mais fácil de se falar quando se ganha quase 2 milhões de euros por mês

E a bizarria não pára por aí. O cara tem a manha de ter um site pessoal —RONALDINHO GAÚCHO OFFICIAL WEB PAGE!— disponível em três línguas e com animaçõezinhas dele brincando de fazer pontinho ou fingindo que atua (Segurando uma bola: "Ser ou não ser jogador de futebol? ... Ser jogador de futebol." Risinho ao melhor estilo 'depoimento de produto da Polishop'), porque todo mundo quer saber da "humilde e modesta" história de vida do jogador. Tá certo que deve ser humilde e modesta comparando com a vida que ele leva agora, mas tudo bem, ninguém notou.

Voltando a falar de copa, hoje tem jogo do Brasil e não tem nenhum filme em cartaz que eu não tenha visto ou que não seja uma merda completa. Vou acabar assistindo A Profecia de novo.

Eu quero mais é que a copa acabe, pra baixar o preço das TV's de muitas polegadas.

Marcadores:


Poderizado por Blogger . Haloscan . HTML . CSS . RSS .