Sala de Espera

  • Atomic Garden
    Idade: 19
    Lugar: Chapecó, SC.
    Condição: Frescura.
  • Lipedal
    Idade: 19
    Lugar: Santo Ângelo, RS, no meio da roça missioneira.
    Condição: Demofobia e Nerdice Aguda. Foi ao Mundo Real duas vezes, durante as quais ganhou uns graus de miopia devido à exposição ao sol.
  • Vexille
    Idade: 20
    Lugar: Recife, PE. É o único do consultório que mora numa cidade de verdade.
    Condição: Psicose e Esquizofrenia. Obsessão compulsiva por filmes clássicos de terror brutal e trash em geral.

Links

Últimos Posts

Arquivo

Rapidinhas de alguém que precisa postar mas não está com criatividade para isso

Por yusanã || 13:20:00 || 12 de mai de 2006
-----------------------
Passei a tarde ontem jogando Blockland. Eu, o Skater e o astronauta ECS que apareceu depois que já tinhamos montado, desmontado, colorido e descolorido várias torres e protótipos de casas.

Image Hosted by ImageShack.us
Atomic contempla sua obra-prima
enquanto ECS e Skater brincam de casinha lá dentro: "Não, eu quero ser o papai!".

-----------------------

Tinha decidido escrever um post enorme e "engraçado" sobre minha aparência de "homem das cavernas" e todas as situações engraçadas que ela já me propiciou. O problema é que nós (eu e vocês leitores) ainda não temos uma dose de intimidade o suficiente para vocês entenderem todas as piadas que por ventura apareceriam. Ah, enfim, estou apenas dando uma desculpa esfarrapada para respostar algo que escrevi no meu antigo blog, então leiam e calem a boca.

(Lembrando que isso foi escrito no começo do ano e para um blog com uma temática bem diferente. Portanto muitas coisas podem estar, e estão, desatualizadas.)

-----------------------

Sempre gostei da cultura celta. A música tradicional irlandesa está entre meus gêneros favoritos. Se eu pudesse mudaria-me para lá só para dançar e rolar nos campos verdejantes ao som de Gaitas de Foles, Fiddles, Bodhrans e Tin Whistles. Vestido com um kilt, logicamente.

Eu não quero chamar meus leitores de burros, mas eu sei que tem bastante gente que vai chegar aqui e não vai saber o que é um kilt.

Image Hosted by ImageShack.us
Isso é um kilt.

Pronto, agora que você já sabe que um kilt é um saiote escocês, aposto que você pensou. "Que viado, quer usar saia e ainda diz que é homem!" Agora além de burro, eu tenho certeza que você é um ignorante. Aliás, feche logo esse janela do seu navegador, você não é digno de meu blog. Para os poucos inteligentes e não-preconceituosos que restaram, continuarei a contar minha história.

Eu sempre quis ter um kilt. Se tem gente que se orgulha dizendo que "cria o bicho solto" porque não usa cuecas, imagine usar uma saia sem roupa de baixo. Qualquer ventinho forte seria capaz de arrepiar todos os pentelhos. Uma sensação prazerosamente única.

Semana passada decidi-me: comprarei um kilt e uma Gaita-de-Foles. Se não posso ir até a Irlanda, faço do meu jardim um pedaço dela. Porém, não foi tão fácil quanto eu pensara. A internet com toda sua imensidão, não foi capaz de me oferecer esses queridos produtos, mas como tenho sangue irlandês e não desisto nunca, acabei comprando mesmo uma Tin Whislte.

Image Hosted by ImageShack.us
Tin Whislte Walton's Little Black, modelo o qual comprei.

Metade do plano fora completo, o intrumento eu já tinha, faltava apenas a vestimenta. Saí atrás de um kilt ou uma saia masculina qualquer em todos os lugares da cidade, em vão. "Se nem na internet você encontrou, é lógico que em CHAPECÓ você não vai encontrar, idiota!", pensei comigo. Fui então em lojas de tecido, procurando algo parecido com o tecido quadriculado tradicional. Logicamente, não achei.

*Pausa para respirar*

QUE MERDA DE PAÍS É ESTE EM QUE NÃO SE PODE COMPRAR UMA GAITA-DE-FOLES E UM KILT???

Pronto, desabafei. Eu já estava puto. Resolvi ir para as lojas de roupas femininas. Se é só lá que se encontram as saias não há nada que eu possa fazer.

Agora imaginem um gordo cabeludo e com a barba mal feita indo em direção ao provador com uma porção de saias na mão. Foi exatamente o que aconteceu. Sorte que além dos olhares apavorados, ninguém ousou em abrir a boca. Escolhi a saia que achei mais adequada e fui ao caixa pagar minha mais nova aquisição.

Foda-se. Não é exatamente o que eu tinha em mente. Mas pelo menos eu poderei passar o ano sentindo o vento gelado no saco enquanto toco uma flauta irlandesa no jardim da casa.

-----------------------

Ah sim, tempos depois eu tirei a famigerada foto de cosplay de anão irlandês da floresta. Se vocês tiverem um bom coração, podem clicar aqui para vê-la. Agora sim você me conhecem um pouco mais. No meu próximo post, vocês entenderão o quanto é engraçado andar por aí vestindo essa coisa.

Marcadores:


Poderizado por Blogger . Haloscan . HTML . CSS . RSS .