Sala de Espera

  • Atomic Garden
    Idade: 19
    Lugar: Chapecó, SC.
    Condição: Frescura.
  • Lipedal
    Idade: 19
    Lugar: Santo Ângelo, RS, no meio da roça missioneira.
    Condição: Demofobia e Nerdice Aguda. Foi ao Mundo Real duas vezes, durante as quais ganhou uns graus de miopia devido à exposição ao sol.
  • Vexille
    Idade: 20
    Lugar: Recife, PE. É o único do consultório que mora numa cidade de verdade.
    Condição: Psicose e Esquizofrenia. Obsessão compulsiva por filmes clássicos de terror brutal e trash em geral.

Links

Últimos Posts

Arquivo

Pirataria é crime: não ataque navios

Por Vexille || 00:58:00 || 25 de jul de 2006
Como eu tinha dito, esse fim de semana foi a SuperHeroCon, onde a Tango & Cash Produções planejava fazer sua primeira aparição.

No começo, ficamos meio retraídos, já que nenhum de nós tinha experiência como vendedores safados da Herbalife. Mas, depois de um tempo, começamos as abordagens e passamos a formular estratégias, analisar as situações e abordar quem tinha mais cara de... "freguês".

— Olha aquelas gurias ali. Elas já compraram uns 20 reais de mangás, vamo nelas. — Elas compraram Elfen Lied na hora :)

Mas essas análises nem sempre funcionam.

— Tango, olha aquele gordinho ali atrás. — tá, ele não falou "Tango", mas é só pra tu te situar.
— Cadê?
— Atrás de mim.
— Não tô vendo.
— Atrás de mim, porra. BEM ATRÁS.
— Ahhh, sim, tô vendo.
— Esse cara é viado.
— Será? Acho que ele só é mané mesmo.
— Ele é viado, tô dizendo.
— Bora vender pra ele.
— Que nada, ele tem uma cara de nerd do caralho. Já deve fazer os DVDs dele.
— Porra, é mesmo. Filho da puta, é concorrência.
(Os dois juntos) — Bora matar.

Primeira análise errada. Algumas horas depois, resolvemos tentar vender pro infeliz assim mesmo. Então, o cara não só não fazia DVDs, como gozou na cuequinha ao ver que tínhamos Serial Experiments Lain, e comprou na hora. Enquanto eu saía de fininho, ele ficou conversando com o Cash, fazendo uma análise profunda dos apectos psicológicos da personagem principal do anime, o que provou que o Cash acertou, e o gordinho realmente era um nerd de dar inveja aos otakus japoneses mais dedicados, vivendo numa dungeon de animes e joguinhos pornográficos cheios de tentáculos, só saindo de casa duas vezes por ano (pras duas convenções de anime da cidade).

Um pouco mais tarde, nossa vítima em potencial era um guri acompanhado do pai, ambos com uma camisa do Dio. Ficamos de tocaia e esperamos o pai se afastar, enquanto o pivete ia num estande olhar uns mangás.

— E aí, cara? Tá a fim de comprar uns DVDs de anime?
— Não, valeu. Eu baixo os animes que eu quero.
— Ahn... Mas a gente tá vendendo DVD mesmo, dá pra ver em qualquer TV e tal.
— Ah, DVD eu faço também, uso o DIKO*.
— ...

* O programa que A GENTE usa.

Porra, mas que merda de geração é essa? Quando eu tinha 11 anos eu estava jogando Desert Strike e International Super Star Soccer no Super Nintendo, brincando de esconde-esconde e recém descobrindo a punheta, que foi originada em homenagem a uma gordinha com roupinha de tigre no programa Puro Êcstasy, que passava de madrugada na Record. Enquanto isso, os pivetes de hoje têm celulares que valem mais do que três meses da pensão que o pai tem que pagar, tão jogando World of Warcraft e Tíbia ao invés de Pitfal e Space Invaders, e aprendem a fazer DVDs de animes e tentam vendê-los numa feira de animes, te liga aí guri, que essa área é nossa, vai circulando, tá ligado?

Mas vendemos 6 DVDs, então valeu a pena. E vamos vender mais ainda próximo fim de semana, no Omake (o segundo evento de animes daqui). Isso se o guri não roubar a freguesia.

...

Update do último post meu: Comprei o livro. Como prometido:

"A Perna Cabeluda, segundo contam os que já tiveram o desprazer de conhecê-la pessoalmente, trata-se de uma perna, tão somente um membro inferior coberto de pêlos asquerosos, que parece ter vida própria e se desloca aos pulos. Como se a visão do seu aspecto perturbador não fosse bastante para gelar qualquer coração, a perna ainda costuma atingir as pessoas com poderosos chutes..."
Isso sim é literatura de verdade. Vou convencer o Atomic a dirigir uma super-produção com umas histórias desse livro. Coisa fina, gente boa.

PS: O Atomic mandou avisar a vocês, amados leitores, que viajará para Porto Alegre amanhã, e possivelmente ficará uma semana sem internet, mas voltará com força total, disposto a postar grandes obras blogueiras pelo menos duas vezes por dia.

Marcadores:


Poderizado por Blogger . Haloscan . HTML . CSS . RSS .